Artes visuais: Design Museum leva os Campana a Londres

Mostra reúne 35 peças produzidas pelos brasileiros, na primeira vez em que eles são expostos pela instituição

MARA GAMA
ESPECIAL PARA A FOLHA

Emaranhados de linhas sinuosas, coloridas e suspensas no ar vão chamar o público londrino para a mostra que cruza o verão europeu no prestigioso Design Museum de Londres. Instaladas numa vitrine lateral do museu, na beira do Tâmisa, duas cadeiras de ferro pintado “Coralo” anunciam a mostra dos irmãos Campana, de 19 de junho a 12 de setembro. É a primeira vez que o museu-referência faz uma mostra dedicada a um núcleo de design brasileiro.

“Zest for Life”, título da exposição, traz 35 peças, numa narrativa que começa com as “desconfortáveis” cadeiras de ferro da primeira exposição da dupla de designers paulistas, em 1989, na Nucleon, em São Paulo, até as recentes “Coralo”, lançamento da casa italiana de design Edra no Salão do Móvel de Milão 2004.

Estão presentes também as novas cadeiras “Sushi”, feitas artesanalmente no ateliê brasileiro com aparas de carpete, tecido e borracha, a poltrona “Multidão”, confeccionada em estrutura de aço e montada com bonequinhas de algodão feitas a mão por integrantes do programa social Sol Arte, e a série “Célia” produzida em OSB, um prensado de lascas de madeira “temperadas” com restos de resina melamínica.

A linha de objetos de metal “Blow Up”, produzida pela Alessi, também faz parte da mostra. Atualmente é o sucesso de venda da dupla na Europa, com mais de 22 mil peças vendidas em três meses pela potente rede de distribuição da marca italiana. Jóias produzidas pela HStern também fazem parte da exposição.

A curadoria da mostra vai justapor protótipos e produtos já em comercialização, peças de várias épocas, para ressaltar e fazer emergir os procedimentos artísticos da dupla. Em perspectiva histórica, cobre os 20 anos de carreira dos artistas na domesticação inusitada de materiais como ralos, cordas, arames, plásticos, papelão, piaçava, aparas de tecido, restolhos de madeira, prensados, bonecas e bichos de pelúcia.

Fotos das cadeiras “Favela”, “Banquete” e “Coralo” viram série de cartões-postais do museu para divulgar a exposição.

Quando a mostra londrina terminar, em setembro, o advogado Humberto, 51, e o arquiteto Fernando Campana, 43, seguem para um núcleo do museu Vitra, em Boisbuchet, para um workshop com estudantes estrangeiros. E em 2005, começa uma nova exposição, itinerante, com um percurso de cinco anos, produzida pelo Vitra, que inclui também o Brasil.

Mara Gama é gerente-geral de entretenimento do UOL

ZEST FOR LIFE, THE DESIGN OF FERNANDO AND HUMBERTO CAMPANA. Onde: Design Museum (Shad Thames, Londres, tel. 00/xx/44/ 870-833-9955). Quando: de 19/6 a 12/9. Inf. www.designmuseum.org.

Anúncios