Aplicativo permite compartilhar peças de moda e variar no look

“Compre menos, escolha bem, faça durar”, são lemas que a estilista britânica Vivienne Westwood tem usado na sua militância em prol do meio ambiente e da economia verde. Uma das mais importantes forças criativas do movimento punk, Westwood retomou o discurso no video recém-lançado de sua coleção Verão 2019, onde aparece usando uma camiseta que pede “Buy Less” (compre menos).

Mas como comprar pouco e seguir na moda, que por natureza se renova com muita rapidez? Foi para responder a essa demanda que foi planejado o aplicativo LOC , de aluguel de roupas, que nasceu em Salvador no começo do ano, chegou a São Paulo em julho e até o último dia 10 de setembro já havia realizado 1.980 operações e conseguido mais de 20 mil downloads, para Android e iOS.

Mais em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/09/aplicativo-permitecompartilhar- pecas-de-moda-e-variar-no-look.shtml

Anúncios

Rio aprova lei que proíbe microesferas plásticas

O Rio de Janeiro proibiu o uso de microesferas de plástico em produtos cosméticos, de higiene pessoal ou de limpeza. As empresas têm um ano e meio para substituir o uso, sob pena de multas e sanções.

A Lei 8090/2018, de autoria do deputado Carlos Minc (PSB), foi sancionada pelo governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, e publicada no Diário Oficial
em 31 de agosto. Proíbe fabricação, distribuição, comercialização, importação e
armazenagem das microesferas plásticas e também o descarte em rios, córregos e
no mar de qualquer produto cosmético, de higiene pessoal e de limpeza que
contenha microesferas de plástico, ocas ou maciças.

Mais em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/09/rio-aprova-lei-que-proibemicroesferas- plasticas.shtm

ONU convida para limpeza de praias e ensina a organizar mutirão

“O mar não está para plásticos”, diz o slogan da campanha. Setembro é o mês internacional dos mutirões de limpeza de praia. Durante o período, grupos de voluntários destinam um período do dia para coletar lixo jogado incorretamente pelos frequentadores ou para limpar pontos de descarte viciados.

Mas não é apenas a coleta em si que importa. Separação dos materiais, pesagem, contagem e sistematização das informações são ferramentas importantes para a cobrança de providências das autoridades, a análise evolutiva de locais de coleta e as campanhas educativas.

Mais em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/09/onu-convida-para-limpeza-depraias- e-ensina-a-organizar-mutirao.shtml

Mobilidade é o tema do Desafio da Energia Limpa em SP

Criar fluxos mais sustentáveis para pessoas e mercadorias em São Paulo é o desafio. O tema que soma mobilidade e energia limpa foi o escolhido pela plataforma holandesa de conferências What Design Can Do (WDCD – o que o design pode fazer) para seu concurso de 2018, que abre inscrições nesta terça (4).

O Desafio Energia Limpa do WDCD também será realizado em mais quatro cidades, com focos específicos: em Nova Deli (Índia), será casa, em Nairobi (Quênia), alimentação, na Cidade do México (México), processamento de resíduos, e, em Amsterdã (Holanda), energia alternativa.

Mais em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/09/mobilidade-e-o-tema-dodesafio- da-energia-limpa-em-sp.shtml

Plataforma lista demandas dos consumidores para os presidenciáveis

Está no ar desde a última quinta, 30 de agosto, uma plataforma digital online que pretende ajudar os eleitores a acompanhar, até as eleições, o grau de comprometimento dos presidenciáveis com os direitos do consumidor.

Criada pela ONG Idec (Instituto de Defesa do Consumidor) a Plataforma dos Consumidores resumiu em 10 tópicos “as mais importantes demandas e riscos” no Brasil, segundo Igor Britto, assessor de política e advogado do Idec em Brasília.

Mais em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/09/plataforma-lista-demandasdos- consumidores-para-os-presidenciaveis.shtml

Drinques com destilados são atração no primeiro bar 100% orgânico de SP

Quem só come produtos orgânicos e gosta de sair de casa para tomar um bom drinque com destilados gostaria de algo do gênero. Na noite desta segunda, 27, abre oficialmente o bar que se intitula o primeiro 100% orgânico no estado de São Paulo, o Viva Bem, em São Caetano do Sul.

Além de vinhos vivos e cervejas artesanais, bem mais comuns em lojas de produtos naturais e bares tradicionais, o bar terá uma lista de coquetéis e caipirinhas preparados com gim, vodca e cachaça de produção certificada. As bebidas orgânicas são produzidas a partir de matéria-prima cultivada sem agrotóxicos ou fertilizantes químicos.

Mais em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/08/drinques-com-destilados-saoatracao- no-primeiro-bar-100-organico-do-estado.shtml

Chefs engajados dão aulas grátis e criam cozinhas sustentáveis

Eles são jovens, passaram por restaurantes influentes e têm consciência de que a gastronomia extrapola a cozinha e passa por questões sustentáveis.Também querem transformar o mundo.

Com essa ideia, o chef Edson Leite, 34, criou o Gastronomia Periférica. Com sua própria cozinha-escola, oferece aulas de culinária gratuitas aos moradores do Jardim São Luís, na zona sul de São Paulo.

Mais em: https://www1.folha.uol.com.br/comida/2018/08/chefs-engajados-dao-aulasgratis- e-criam-cozinhas-sustentaveis.shtml