Do papel para o espaço

3P.A.T., 2008 e Raced 33 são três robôs que estão prontos para sair das páginas de um livro e ganhar a terceira dimensão, como objetos colecionáveis de papel. Eles fazem parte do “Livro Branco nº1”, que traz divertidas biografias, instruções de montagem e uma cartela de adesivos para decorar os robôs.

Saído recentemente da gráfica, o livro-objeto foi criado pela Troyart, empresa dos designers Roberto Stelzer e Nelson Schiesari, formada em 2007. É o primeiro de uma série que vai mostrar integrantes da família dos robôs. O lançamento será na Livraria da Vila dos Jardins, na alameda Lorena, 1.731, na próxima terça, 3 de agosto.

Um robô 3P.A.T. já personalizado ao lado do "Livro Branco nº1"

Os primeiros robôs da Troyart ganharam forma em kits feitos em lâminas de acrílico para montar, em 2007.

Os kits de acrílico foram vendidos em algumas lojas em São Paulo, como a Polly Magoo, Conceito Firma Casa, a loja do MAM do Ibirapuera e a loja do Coletivo Amor de Madre, e também na loja do Malba, em Buenos Aires, e em lojas em vários países, como Canadá, França, Espanha, Itália, Alemanha, Rússia e Japão. Em 2009, as lojas da Paul Smith de Londres, Paris e Dubai também passaram a vender os kits.

o robô NIP, feito de chapa de aço, de 12 cm

Os robôs da Troyart fizeram parte também da exposição “Destination Brazil”, realizada em 2009 pela loja de design do MoMA (Museu de Arte Moderna de Nova York). A loja comercializou os modelos de aço dos robôs PIN e NIP, vendidos em kits embalados em caixas de CD.

Na última São Paulo Fashion Week, em junho, foram lançadas numa loja Pop up os kits de acrilico e também pulseiras, botons, colares, ímãs e bolsas de robôs, realizadas em parceria com a estilista Maria Eduar.

A empresa se prepara para levar o livro, os kits de acrílico e os acessórios de moda para a Maison Object e para a Who´s Next, feiras de design e moda de Paris, no segundo semestre de 2010.

Além da Livraria da Vila, que venderá o livro a partir do dia 3, o livro está à venda na recém-reformulada galeria Mundo Mix, na rua Augusta, 2.559, em Sâo Paulo, e na Oba Arquitetura, na Visconde de Pirajá, 371, Ipanema. O preço é de R$ 74,00.

Anúncios

Inscrições para prêmio Objeto Brasileiro estão abertas até dia 19

O segundo prêmio Objeto Brasileiro, organizado pela Casa Museu do Objeto, prorrogou as inscrições até o próximo dia 19 de julho.

Podem concorrer projetos e produtos criados e/ou produzidos a partir de janeiro de 2008 de forma artesanal ou semi-artesanal dos seguintes tipos: mobiliário, objetos utilitários e decorativos, objetos para cozinha e para banheiro, luminárias para áreas internas e externas, tapetes e têxteis, brinquedos, vestuário, acessórios pessoais e de moda.

Há quatro categorias: Objeto dorganizadae produção autoral; Objeto de produção coletiva; Ação sócio-ambiental e Novos projetos.

Protótipos e produtos em produção são aceitos, mas se solicitados devem estar em perfeitas condições para uso e exibição.

O concurso é aberto a designers, artesãos, arquitetos, artistas plásticos e estudantes.

A premiação será em 20 de outubro e a exposição dos vencedores de 21 de outubro a 10 de dezembro.

Inscrições no site de A Casa em http://premio.acasa.org.br/.

A mão que segura a taça

Um júri de brasileiros notáveis como Gisele Bundchen, Hans Donner, Ivete Sangalo, Paulo Coelho, Oscar Niemeyer e Ricardo Teixeira participou da escolha do logo oficial da Copa 2014, que foi apresentado nesta quinta, 8 de julho, em Johanesburgo, África do Sul.

O projeto foi criado pela agência África, de Nizan Guanaes.

A repercussão não foi das melhores. Não li nenhum elogio. Rapidamente no Facebook apareceu esta ótima piada gráfica