Dubai anuncia construção de torre de 1 km

Enquanto os números do mundo parecem derreter nos índices das bolsas, uma das maiores empresas de incorporação e construção do planeta, a Nakheel, anunciou no domingo, 5, em Dubai, Emirados Árabes, a construção de uma megatorre que deverá bater o recorde mundial de altura.

Os números de Dubai são todos altos.

A previsão é que a construção dure 10 anos. O megacusto do projeto não foi revelado durante o megalançamento do domingo.

A torre será o centro do complexo portuário projetado pela Nakheel, que envolve a construção de três ilhas artificiais no primeiro porto interior do mundo. As ilhas aumentam a costa dos Emirados de 70 para 100 quilômetros. Uma rede de trens e barcos deve suplantar o uso do automóvel na região.

A nova torre terá um quilômetro de altura, mais de 200 andares e vai deixar em segundo lugar a Bruej Dubai, ainda em construção, que tem 818 metros.

Na parte mais alta da torre, está prevista a construção de um hotel de luxo, com 3,5 mil quartos.

Segundo cálculo inicial, serão necessários 500 mil metros cúbicos de cimento para a construção da megatorre. Cerca de 30 mil trabalhadores de vem fazer parte da construção.

Por causa da altura, a previsão é que haja cinco microclimas no prédio, com uma variação de 10 graus de temperatura entre topo e térreo.

O projeto prevê que quatro edifícios e uma base circular sirvam de apoio à torre central. 40 outras torres, com alturas variando entre 20 e 90 andares (250 metros a 350 metros), devem ser erguidas nas cercanias.

Para quem gosta de extravagâncias numéricas comparativas, segundo a empresa, se as barras de aço fossem colocadas em linha teriam o equivalente à distância entre Dubai e Nova York.

O Nakheel Harbour and Tower terá 270 hectares. Serão 250 mil metros quadrados para hotéis e moradias, e cerca de 950 mil metros quadrados ao comércio, com jardins, parques e canais.

Ao final da construção, o complexo deve abrigar casas e escritórios para 100 mil pessoas.

Serão 19 mil apartamentos residenciais e haverá 10 mil vagas de estacionamento

A construtora afirma que o prédio terá elementos da arte islâmica inspirados na Alhambra, de Granada (Espanha), no porto de Alexandria, no Egito, no passeio marítimo de Tanger, no Marrocos, e nas pontes de Isfahan, no Irã.

Anúncios