Lixo: Seletiva deve atingir 4,7 milhões em SP, mas comunicação segue fraca

A abrangência da malha de coleta seletiva está aumentando em São Paulo e deve atingir 4,7 milhões de habitantes até outubro, mais de um terço da população da cidade (total de cerca de 12 milhões). A meta do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS) da cidade é de passar da taxa de 1,8% de recicláveis coletados no começo deste ano para 10% até 2016, quando se espera ter atingido os 96 distritos da cidade.

A prefeitura anunciou na última terça (23) que dez novos distritos já começam neste fim de setembro a ser percorridos uma vez por semana pelos caminhões da seletiva, entre eles áreas grandes como Cidade Dutra, Grajaú, Socorro, Campo Limpo, Capão Redondo, Cidade Ademar e Ermelino Matarazzo. E, até outubro, 17 bairros serão integralmente atendidos, entre os quais Bela Vista, Bom Retiro, Cambuci, Consolação, Liberdade, República, Santa Cecília, Sé, Jaguaré, Lapa, Perdizes, Vila Leopoldina, Barra Funda, Santana e Tucuruvi.

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/maragama/2014/09/1522728-lixo-seletiva-deve-atingir-47-milhoes-em-sp-mas-comunicacao-segue-fraca.shtml

Anúncios