Livro faz panorama do design brasileiro

MARA GAMA
DO UNIVERSO ONLINE

Uma face importante da história recente do design brasileiro ganha visibilidade com o livro “Prêmio Design Museu da Casa Brasileira”.

Ao perseguir a história dos dez anos do prêmio, a autora, Adélia Borges, conseguiu traçar um panorama da produção e pinçar as principais idéias sobre design que estavam no ar no país no período.

Além do contexto mais genérico, da situação do design na relação com a indústria, os consumidores e a crítica, o livro recupera e traduz em linguagem simples os memoriais descritivos dos objetos premiados.

Não é pouco. Mesmo com a minguada bibliografia sobre design no Brasil, o mais comum é que quem se atreve a escrever sobre o assunto se deixe levar por interpretações mistificadoras e deixe de lado as informações sobre projetos e materiais. O resultado é a falta de livros de referência -quadro que o livro pode aliviar.

Ex-editora da revista “Design e Interiores”, de 1987 a 1994, a autora é assessora especial do Masp para Design Industrial. Foi jurada do prêmio da Casa Brasileira em 1990, 1993 e 1994. Pesquisou a documentação do museu sobre a premiação, entrevistou grande parte dos designers e reviu todos os objetos que estão no livro.

Na pesquisa, encontrou muitos designers que viraram suco, protótipos que nunca foram produzidos e projetos vencedores que não saíram da prancheta. Contou com a equipe de produção chefiada por Mari Marino para localizar no Brasil todo os objetos que foram levados ao museu e refotografados.

O livro é organizado ano a ano. Vai de 1986 a 1996 (em 1992, não houve premiação). Cada capítulo traz um texto que relata como foi organizada a edição em questão, apontando categorias novas incluídas, mudanças de regulamento, reações do público e da imprensa, e fazendo um balanço do resultado da premiação.

A análise é acompanhada por uma lista que enumera os jurados e dá um raio x do poder cultural no Estado na ocasião. Na sequência de cada capítulo, vêm as páginas com fotos de Antônio Saggese e textos legenda com as fichas técnicas e descrição dos objetos.
Para Adélia, o prêmio tem refletido as mudanças da casa brasileira: “A violência e o stress da vida urbana revalorizaram a casa e valorizaram estas áreas na produção”, diz.

Livro: Prêmio Design Museu da Casa Brasileira (204 páginas, 160 fotos, R$ 50) Coordenação editorial: Mari Marino
Texto e edição: Adélia Borges
Fotos: Antonio Saggese Projeto
Gráfico: Marcelo Aflalo Patrocínio: Sebrae/SP, Fiesp/Ciesp
Apoio: Secretaria de Cultura do Estado de SP e Sociedade Amigos do MCB

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s