Brasil Arquitetura expõe em Tóquio projetos de centros culturais e mobiliário

“Buscamos uma arquitetura criada a partir de profunda conexão com as bases culturais de cada lugar e protagonistas. E nem por isso podemos dizer que, ao abordar estes aspectos, ela seja regional. Não! Uma vez que as bases culturais de qualquer sociedade ou povo sejam as dimensões humanas de relacionamento e comunicação, a arquitetura será sempre universal. Universais são questões como convivência, busca de tolerância entre diferentes, busca de conforto e desenvolvimento criativo das técnicas, dos modos de viver e habitar o mundo.”

O texto, de Marcelo Ferraz e Francisco Fanucci, foi transformado na mandala gráfica com caracteres japoneses que você vê na foto acima e que está aplicado na parede do Tokyo Art Museum, no Japão.

Ele explica o partido do escritório Brasil Arquitetura, fundado em 1979, comandado pelos dois arquitetos e tema da exposição “Genetics of Brazilian Architecture – Encounter and Renaissence”, que fica até dia 28 de dezembro no museu japonês, criado por Tadao Ando.

No centro da Mandala, uma miniatura da cadeirinha Girafa, produzida pela Marcenaria Baraúna.

A mostra traz fotos e objetos e se organiza em módulos.

“Arquitetura de mobiliário” traz peças da Marcenaria Baraúna, que desde 1986 produz os móveis desenhados pelos arquitetos.

“Na Baraúna, projetamos móveis “de arquiteto”, se é que se pode dizer assim. Os raciocínios, os conceitos, o modo de abordar cada questão são os mesmos adotados nos projetos de edificação ou de urbanismo. A lógica da estrutura, do equilíbrio, do comportamento e da resistência dos materiais, do conforto, da economia de meios e insumos, da essencialidade, tudo nos leva à explicitação do sistema construtivo.

Móveis sem “bagaços”, sem sobras, que seguem a lógica das máquinas e ferramentas e só sobrevivem se têm um bom funcionamento, se atendem ao seu fim. Móveis que precisam durar, que têm de ser econômicos e belos ao explicitar com precisão seus propósitos, ao responder às necessidades e anseios de seu tempo.”, diz o texto que acompanha a mostra.

Os três projetos arquitetônicos selecionados tratam de espaços culturais e museológicos que partiram de construções já existentes. o Museu Rodin, em Salvador (BA), o KKKK, de Registro (SP), e o Museu do Pão, no moinho Colognese de Ilópolis (RS).

O Museu Rodin, projeto de 2004 para abrigar a primeira filial da instituição fora da França, se instalou num prédio de arquitetura eclética do início do século 19 (1912). O Palacete Comendador Catharino recebeu novo bloco de concreto e vidro para suas exposições temporárias.

Com forte apelo simbólico, os projetos do KKKK e do Museu do Pão são exemplares na reocupação de espaços que protagonizaram o contexto histórico que agora  retomam.

O conjunto KKKK de Registro, São Paulo, é projeto de 1996. A recuperação partiu dos edifícios de tijolo aparente erguidos em 1924 para abrigar operações comerciais, administrativas e industriais da Companhia Ultramarinha de Desenvolvimento KKKK (Kaigai, Kogyo, Kabushiki, Kaisha).

A empresa foi responsável pela introdução de 450 famílias japonesas na colônia de Registro e se ocupou da organização do plantio do arroz, de seu beneficiamento e do transporte.

O projeto da Brasil Arquitetura implantou no conjunto o Memorial da Imigração Japonesa do Vale do Ribeira, onde está um acervo de obras de artistas plásticos de origem japonesa radicados no Brasil além de objetos industriais e documentos cedidos pelas famílias descendentes dos colonos.

O Museu do Pão, projeto de 2005 inaugurado este ano, se instalou num moinho de farinha, erguido com a técnica trazida pelo imigrante italiano e o material local -madeira da araucária. Além da reocupação do espaço como moinho de milho, ali foram criados o Museu do Pão e uma escola para padeiros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s