História do Gasômetro de SP vira livro

A história da produção de gás que alimentou a cidade de São Paulo por mais de 100 anos virou livro. Na próxima terça, 15, será lançado “Complexo do Gasômetro”, de Luis Antônio Magnani e Hugo Segawa.

A Casa das Retortas e o Gasômetro, no Parque D. Pedro II, Centro, formavam o pólo de produção de gás para casas, comércio, indústrias e iluminação de rua do final do século 19 até 1974, quando foram desativados.

Nas Retortas se produzia o gás, a partir da queima do carvão mineral. No Gasômetro, se armazenava e de lá partia a distribuição do gás para a cidade de São Paulo.

Mapas, desenhos, fotografias, plantas e anúncios antigos acompanham o estudo.

O livro conta parte da história da industrialização de São Paulo e detalha o processo de restauração dos dois edifícios, tombados pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo, o Condephaat, e pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo, o Conpresp.

Dois anos depois de iniciada a restauração, o prédio volta a ser ocupado pela Comgás, com seus escritórios.

O lançamento será na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s