Lixões custam R$ 1,5 bi/ano ao sistema de saúde do país, diz estudo

Cerca de 75 milhões de brasileiros usam, provavelmente sem saber, os 3.000 lixões ou aterros inadequados ativos no país. E são afetados pelos danos ambientais causados por eles: contaminação do ar, da água, do solo, da fauna e da flora por substâncias tóxicas e cancerígenas. Um novo estudo fez a conta do impacto do problema no sistema de saúde do país: R$ 1,5 bilhão por ano.

Os gastos incluem os tratamentos de saúde, as perdas de dias de trabalho por afastamento médico e a remediação de danos ambientais.

Se o lobby pela prorrogação do prazo do fim dos lixões conseguir vencer a batalha e eles se mantiverem abertos como hoje, em cinco anos o custo chegará a US$ 1,85 bilhão (R$ 7,4 bilhões).

A contaminação provocada por esses depósitos irregulares não atinge apenas moradores das proximidades, trabalhadores de limpeza urbana e catadores de materiais recicláveis, embora sejam estes os grupos com mais risco, por causa do contato direto.

http://folha.com/no1689170

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s