São Paulo livre de agrotóxicos e com apoio às hortas comunitárias

Duas iniciativas importantes para a agroecologia avançaram nos últimos dias na cidade de São Paulo. No último dia 8, a Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei 891/2013, que proíbe o uso e comercialização de agrotóxicos que contenham princípios ativos nocivos ou organoclorados que tenham sido banidos em seus países de origem. De autoria do vereador Toninho Vespoli (PSOL), e com a participação de outros vereadores, o PL 891 está na fila para a sanção do prefeito Fernando Haddad.

No dia 12, o vereador Nabil Bonduki (PT) protocolou o Projeto de Lei 582/2016, o VAI na Horta – Valorizaçao de Iniciativas de Agricultura Urbana e Periurbana, para apoiar ações socioambientais e culturais relacionadas à agroecologia.

Apesar do pouco tempo que resta da atual gestão, Vespoli espera que o prefeito Haddad sancione o projeto contra os agrotóxicos, pelos compromissos com a causa da agroecologia que tem assumido. “Além do benefício para as áreas de cultivo de agricultura familiar na cidade, a proibição desses agrotóxicos em São Paulo teria impacto nacional. Seria uma força importante no movimento que defende o direito que as pessoas têm de ter uma alimentação saudável” diz.

Segundo pesquisa Ibope encomendada pelo Greenpeace, 81% da população brasileira considera a quantidade de agrotóxicos nas lavouras de “alta” a “muito alta”.

Mais em: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/maragama/2016/12/1841942-sao-paulo-livre-de-agrotoxicos-e-com-apoio-as-hortas-comunitarias.shtml

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s